A Cervejaria Tarantino iniciou oficialmente suas atividades neste sábado, dia 8, em São Paulo.

Localizada no bairro do Limão, a Tarantino nasce com a proposta de compor o ambiente urbano em que está inserida.

Com capacidade de produção de 20 mil litros mensais, a Tarantino é a maior cervejaria instalada no espaço urbano da capital paulista.

Com taproom disposto de 10 torneiras exclusivamente da casa, a cervejaria já marca presença em diversos pontos da capital paulista com dois rótulos envasados em latas de 473 ml.

Como sócios deste empreendimento, estão Gilberto Tarantino, Luciano Consentino e Isaac Deutsch.

Taproom

No taproom da fábrica, foi instalado um container que é utilizado como câmara fria para armazenar as cervejas engatadas nas 10 torneiras da cervejaria.

Através do sistema Easy Chopp, os clientes podem servir seus copos em uma das torneiras que desejar.

O cadastro do cartão pode ser feito tanto na cervejaria como no site da Tarantino.

A câmara fria, além do armazenamento dos barris servidos no local, estoca as latas não pasteurizadas que a Tarantino comercializa em São Paulo.

Fábrica

A cervejaria possui capacidade de produção e 20 mil litros mensais. Além de contar com uma centrífuga, presente em poucas cervejarias no país, que auxilia na aceleração da sedimentação de partículas durante a fermentação.

Na fábrica também há um espaço para produção de pequenos lotes para teste e cervejas sazonais, com capacidade de 1,5 mil litros.

As cervejas produzidas nesta parte serão comercializadas no taproom e a aceitação será verificada.

Rótulos em lata

A cervejaria nasce com dois rótulos envasados em lata, uma German Pils e uma IPA. As latas não são pasteurizadas e já estão com distribuição em diversos pontos de São Paulo.

Nestes dois primeiros lançamentos, André Moreira (German Pils) e Nick Alive (IPA) são responsáveis pelas artes das latas.

German Pils

Cerveja possui 5,5% de teor alcoólico e 40 IBU. Na receita, foram adicionados os lúpulos Hallertau Mittelfrüeh, Saaz e Saphir

A German Pils leva os maltes Pilsen e Caramelo Pils na composição.

Miracle IPA

Com 6,2% de teor alcoólico, a cerveja possui 44 IBU. Nesta IPA foram adicionadas sete variedades de lúpulos: Victoria Secret, Cashmere, Ekuanot e Mosaic.

Os maltes que compõe esta receita são os Pilsen e Vienna.

Próxima lata

Dry Stout

O próximo rótulo a ser envasado é uma Dry Stout. A cerveja levará como arte o estêncil presente na faxada da cervejaria.

A Dry Stout da Tarantino possui 3,8% de teor alcoólico e 35 IBU.

A arte foi produzida por Simone Siss, e leva elementos da história da mulher na produção de cerveja.

“Tive a liberdade de escolher a fachada. Achei bacana pois a cerveja culturalmente é associada somente ao consumo do homem. Em nossas pesquisas, descobrimos que as mulheres foram as pioneiras na produção da cerveja”, explica Sissi.

Colaborativas

Em conversa com o MalteMoney, Gilberto adiantou que intenção é trazer amigos cervejeiros feitos ao longo da carreira cervejeira.

A Tarantino já possui agendada a produção de rótulos colaborativos com as cervejarias Seasons, Morada Etílica, Weird Barrel e Heroica.

A produção deve acontecer durante os próximos meses.

Mais Tarantino