Pela primeira vez, uma cerveja trapista foi envelhecida em barris que antes armazenaram cachaça.

A cerveja é a La Trappe Oak Aged Cachaça Barrel, produzida com barris de carvalho francês que envelheceram por seis anos a cachaça da Weber Haus, de Ivoti (RS).

O rótulo possui 11% de teor alcoólico e será comercializado em garrafas de 375 ml.

Cada lote da linha Oak Aged é produzida em um tipo diferente de barril, selecionado pela equipe cervejeira do mosteiro holandês.

Este é o trigésimo lote linha Oak Aged, que chega ao país nas próximas semanas através da Bier & Wein, importadora oficial La Trappe no Brasil.

Produção

O rótulo é composto por um blend de 80% de La Trappe Quadrupel envelhecida por 12 meses em barris de cachaça e 20% em barris novos de carvalho.

Para viabilização da produção, em julho de 2016, a parceria entre a Bier & Wein e a Weber Haus, levou 50 barris para a produção desta Oak Aged.

O barril da Weber competiu com outros 18 barris para participar deste trigésimo lote da Oak Aged.

Comercialização

A produção deste lote, como todos da série Oak Aged, será limitada. A La Trappe produziu 600 caixas, são 3,6 mil garrafas de 375 ml.

O Brasil recebeu 115 caixas, equivalente a 690 garrafas. O preço sugerido de venda da garrafa no varejo é de aproximadamente R$ 250.

Cachaça 12 anos

O barril utilizado envelheceu a cachaça de edição comemorativa da Weber Haus. A cachaça passou por envelhecimento durante 12 anos, seis em barris de carvalho francês e seis em barris de bálsamo.

Esta cachaça também possui edição limitada, foram produzidas apenas duas mil garrafas. O valor de mercado da garrafa de 750 ml é de aproximadamente 3 mil reais.

 

Retorno da Isid’or

Quarto maior mercado consumidor dos rótulos La Trappe, o Brasil volta a receber a cerveja Isid’or. A comercialização acontecerá nas próximas semanas e sua distribuição será contínua, conforme informou a Bier & Wein, importadora oficial da marca.

O rótulo foi produzido pela primeira vez em 2009 em comemoração aos 125 anos da abadia Onze Lieve Vrouw van Koningshoeven, onde são fabricados os rótulos da La Trappe.

Weber Haus e cervejas

Esta não é a primeira participação da cachaçaria no mercado cervejeiro. Em 2014, em parceria com a Bodebrown, a Weber participou da produção da Wee Heavy Wood Aged Series Amburana.

O envelhecimento aconteceu em dornas de Amburana de 750 litros por um período de seis meses. No pré-lançamento do rótulo, foram esgotadas as unidades disponíveis.

Barris de amburana da Weber que envelheceram a Wee Heavy da Bodebrown

Outros rótulos da Bodebrown foram envelhecidos nos barris da Weber, como a Atomga Wood Aged, uma Russian Imperial Stout e a  Cerveja do Amor Wood Aged, uma Fruit Beer.

A cachaçaria também comercializa seus barris com diversas cervejarias do país.

Este conteúdo foi produzido em parceria com o Bar do Celso, de Luiz Celso Júnior.