Em operação para aumentar sua participação na China, o grupo Heineken anunciou investimento de US$ 3,1 bilhões em uma parceria com China Resources Beer (CR Beer).

Parceria

A Heineken adquiriu 40% das ações da CR Beer.

Com a operação, a Heineken será investidor minoritário da CR Beer junto com a CRE, que agora possui 60%.

Para firmar a parceria, a CRE adquiriu 0,9% das ações da Heineken (cerca de 5,2 milhões de ações), o equivalente a 464 milhões de euros.

Cerveja Snow, da CR Beer

Cerveja Snow, da CR Beer

CR Beer

Responsável pela produção e distribuição da marca Snow na China, a CR Beer possui 25% de participação no mercado de cervejas da China, a maior no país.

Atualmente o grupo conta com 56 cervejarias, espalhadas por 25 regiões do país.

CR Beer faz parte da holding China Resources Enterprise (CRE), que possui controle de empresas em diversos segmentos, como o alimentício, de bebidas e logística.

A Heineken irá atuar na operação de três cervejarias da CR Beer.

25 regiões com cervejarias da CR Beer na China: São 56 cervejarias no total

Presença na China

As operações da Heineken China e da CR Beer serão combinadas. Com a parceria, o grupo Heineken passará a licença de sua marca na China para a CR Beer.

A expectativa da Heineken é utilizar a expertise da companhia chinesa para alavancar sua participação no segmento de cervejas premium no país.

O grupo Heineken possui apenas 0,5% de participação no mercado chinês.

Com a segunda maior participação neste segmento, o grupo AB InBev possui 16% deste mercado, conforme levantamento do Euromonitor.

Heineken China

Exclusividade

Com a negociação, a Heineken será parceiro internacional exclusivo do grupo CRE no mercado de cervejas lagers premium na China.

Além da marca Heineken, as duas companhias vão estudar a ampliação de licenças para outras marcas do portfólio do grupo holandês na China.

Mercado chinês

Atualmente a China representa o maior mercado em volume de cervejas no mundo. O país ainda é o segundo maior no segmento de cervejas premium.

Conforme projeções da Heineken, a China será o principal responsável pelo crescimento do mercado de cervejas premium no mundo pelos próximos cinco anos.

Este cenário é projetado devido ao rápido crescimento da classe média chinesa, afirmou a Heineken em comunicado.

Apostas na China

No final de 2017, a AB InBev inaugurou na cidade de Putian uma das maiores cervejarias do grupo, com capacidade para produção anual de 1,5 bilhão de litros de cerveja.

Visando o mercado premium, a ZX Ventures, pertencente ao grupo AB InBevapostou na criação de uma cervejaria para produção dos rótulos especiais do grupo.

Sediada na cidade de Wuhan, a cervejaria foi inaugurada em fevereiro deste ano e produz os rótulos da da Goose Island, Boxing Cat e Kaiba.

Próximo de dezembro de 2017, a cervejaria Gweilo Beer inaugurou uma das maiores cervejarias artesanais da China.

A cervejaria está localizada em Hong Kong e teve investimento de US$ 5 milhões.

Gweilo Beer Cerveja China

Rótulos da cervejaria Gweilo Beer, que investiu US$ 5 milhões em nova fábrica