As cinco principais cervejarias do Japão reportaram pelo sexto ano consecutivo queda no comércio de cervejas para o país.

O comércio de cervejas no Japão caiu 6,3% em um ano, conforme apuração do Jiji Press.

Regulações

Um dos principais motivos é a lei que regula a aplicação de descontos para bebidas alcoólicas no Japão.

Mais severas, estas regulações dificultam a flutuação de preços das cervejas e a aplicação de descontos.

Paralelamente, o preço das cervejas ficou mais caro no Japão.

Cervejas consideradas de entrada, com baixo teor de álcool e baixas quantidades de cereais maltados apresentaram aumento de 1,9% no preço de venda.

Mercado

A cervejaria Asahi possui a maior participação no mercado japonês, com 37,6%.

Seguida pela Kirin, com 34%, a Suntory com 16,3%, Sapporo com 11,2%, e a Orion com 0,9%.