A Cervejaria Alright iniciou as atividades em Curitiba (PR) no inicio de setembro, dia 1.

Inicialmente a cervejaria terá quatro rótulos fixos, que serão futuramente envasados em latas e garrafas.

Estabelecida em um terreno 1, 5 mil metros quadrados, a cervejaria possui capacidade de produção de 66 mil litros mensais.

Anexo à fábrica foi construído um beer garden para consumo das cervejas.

Entrada da Cervejaria Alright de Curitiba

Entrada da Cervejaria Alright, de Curitiba (PR)

Produção

Com quatro rótulos fixos e planejamento de expandir para seis rótulos até dezembro deste ano, a cervejaria quer em 2019 ter em sua linha oito rótulos.

“Iremos começar com uma capacidade de adega de 29 mil litros. Dimensionamos a fábrica para atender a demanda das cervejarias ciganas, por isto temos fermentadores que vão de mil  até 4 mil litros”, explica Frederico Luz, sócio-proprietário da Alright.

Rótulos iniciais

After Dusk (Mild Ale)

Cerveja é uma Dark Mild com 3,1% de teor alcoólico e será o rótulo principal da Alright.

“Temos pessoas de São Paulo que querem buscar growler aqui, para um grupo de estudos para juízes. O estilo Dark Mild em Curitiba é exclusivo na Alright”, explica Marcelo Marcelino, mestre cervejeiro da Alright.

Cut the Bull (S.M.A.S.H. APA)

A cerveja leva somente um malte e um lúpulo (Mosaic)  em sua receita. Cerveja é uma American Pale Ale dourada com dry hopping.

Voll Bock (Weizenbock)

Cerveja possui 7% de teor alcoólico24 IBU. Estilo tipicamente alemão, originária do estilo Bock, porém utilizando como base uma receita de Weizenbier.

Okie Dokie (Hop Lager)

Cerveja leva dry hopping com lúpulos americanos. A base desta receita é uma Cream Ale.

Marcos Marcelino, mestre cervejeiro responsável pela produção da Alright

Marcos Marcelino, mestre cervejeiro responsável pela produção da Alright

“O grande diferencial é a experiência! Na Alright, temos um conjunto de cervejas que dificilmente são encontradas por aí. Nesse sentido, a fábrica é importante para esse trabalho: o dry hopping – processo onde é feita a adição de lúpulo à cerveja durante o período de fermentação – potencializa os aromas e intensifica a experiência de cada um dos produtos utilizados”, afirma Marcos Marcelino.

Envase e comercialização

Todos os rótulos de linha da All Right serão envasados, além de barris, em garrafas e latas. O envase em garrafas de vidro começa no último trimestre deste ano.

A produção de cervejas em lata ficará para o primeiro trimestre de 2019.

“Entre 15 e 20% da produção mensal dos nossos rótulos de linha serão envasados para alavancar a distribuição em Curitiba e região metropolitana. Após a consolidação no interior paranaense, devemos abrir o mercado para SC e SP”.

A cervejaria também mira o mercado externo, está nos planos da Alright a exportação de seus rótulos quando atingir o segundo ou terceiro ano de atividade.

Sócios da Alright Frederico Luz e Igor Martins

Sócios da Alright: Frederico Luz e Igor Martins