Rótulos estão presentes na Bahia e em Minas Gerais

A cervejaria cigana Brutos Beer completou oficialmente um ano de lançamento de seus rótulos para o mercado nacional no final de dezembro de 2017.

Com sede em Vitória da Conquista (BA) e produção realizada na cidade de Capim Branco(MG), a cervejaria artesanal e independente conquistou neste um ano grande expressão no mercado de cervejarias independentes não somente em seu Estado.

Nesta entrevista, Maurício Figueira e Fabrício Moura, fundadores da Brutos Beer, conversaram com o MalteMoney sobre os desafios enfrentados nos últimos anos e as estratégias que levaram ao crescimento neste mercado competitivo.

Fundadores da Brutos Beer

Maurício Figueira e Fabrício Moura, fundadores da Brutos Beer

Quando a Brutos Beer foi oficialmente lançada ao mercado?

Brutos Beer: Nascemos em 14 de março de 2015, porém a marca foi lançada oficialmente no dia 17 de dezembro de 2016. Durante este intervalo aprimoramos as receitas de nossos dois rótulos, uma India Pale Ale e uma Irish Red Ale.

Quais os desafios vocês enfrentaram neste primeiro ano e como superaram?

BB: Como somos cervejeiros ciganos, os desafios e barreiras parecem maiores. Neste primeiro ano enfrentamos diariamente batalhas nas áreas de logística e distribuição, na briga por espaço em pontos de vendas e até na carga tributária.

Como tem sido a aceitação das cervejas e a demanda do mercado?

BB: Entendemos que nossas receitas estão bem elaboradas. Este feedback já recebemos em vários concursos que participamos, a avaliação dos jurados nos colocou dentro do padrão de grandes prestigiadas no setor. Sobre a nossa demanda, notamos um crescimento exponencial nestes primeiros doze meses.

As cervejas da Bruto Beer já estão presentes em outros Estados?

BB: Além da presença no Estado da Bahia, temos também forte atuação em Minas Gerais. Já recebemos pedidos de estabelecimentos em São Paulo e no Rio de Janeiro, porém o alto custo do frete ainda é uma barreira para viabilizar as parcerias.

Como está a produção da BB? Qual a capacidade de vocês? Existe plano para ampliação?

BB: Atualmente produzimos em pequena escala, porém com fluxo constante. Nossa produção está próxima de 3 mil litros por mês. A indústria onde produzimos nossas cervejas possui capacidade máxima de 100 mil litros mensais. Por esta flexibilidade, nosso plano é de dobrar a produção em 2018.

Vocês produzem alguma cerveja sazonal? Qual?

BB: Não temos rótulos sazonais ainda, mas podemos adiantar que em nossos planos para 2018 estão a produção de uma sazonal a cada 3 meses.

Rótulos da Brutos Beer

Rótulos da Brutos Beer

Como é o cenário cervejeiro em Vitória da Conquista e no Estado da Bahia?

BB: Vivemos em um mercado em plena expansão. Atualmente temos oito rótulos registrados aqui na cidade de Vitória da Conquista, todos são ciganos. A Bahia está acompanhando o crescimento nacional e em breve irá se destacar pela quantidade de plantas registradas que já estão com o processo bem adiantado.

Quem está no comando da produção, podem nos contar um pouco sobre a formação do cervejeiro e a história da cervejaria?
BB: A Brutos Beer é composta por dois sócios e dividimos nossas responsabilidades tanto na produção quanto na parte administrativa. Nosso interesse em cerveja artesanal se iniciou através de uma curiosidade do Maurício em realizar o curso para saber se possível produzir cerveja em casa.

No início parecia impossível, porém depois percebemos que era agradável e prazeroso produzir sua própria cerveja. A partir deste momento começamos a fazer receitas que agradaram amigos e familiares, que começaram a querer comprar nossa produção. Este foi o pontapé inicial para chegar onde estamos hoje.